Um esboço das sanções da “ONU” (entre aspas, sempre) contra o Irã está circulando na Internet. É curioso o fato de que tais sanções se ampliem e abarquem algo pouco discutido: o comércio de armas deste país com outros, principalmente no que concerne à tecnologia anti-mísseis. Vale lembrar que o Irã contratou um sistema russo de defesa. Mais um dado para se pensar a questão (como tantos outros) através do prisma estratégico, das peças que se movem em termos de poder militar, duro, real, na região.

O analista Judah Grunstein também nos revela em sua coluna de hoje que pouco se fala sobre a suposta conversa que a representante especial das Relações Exteriores da União Européia, Catherine Ashton, terá com Saed Jalili. Qual o teor da conversa? Por que ela é pouco citada?

Advertisements